Projeto de Lei quer por fim ao sofrimento dos animais que puxam carroças.

15.04.2017

 

NOSSO PROJETO ENTRA NA PAUTA!

*IMPORTANTE* Deixo CLARO que: o meu projeto NÃO impede o uso de animais em tratamentos médicos para criança especiais (equinoterapia), uso recreativo, sem o mal trato, locomoção ou apresentação cultural. Pois sou proveniente da roça e sei o quanto um cavalo é importante para o trabalho, para a locomoção e para a cultura.

Antes de mais nada, gostaria de deixar um recado para quem utiliza a justificativa que: "Essa é a única forma de sustento par...a as famílias". Já existem centenas de municípios adeptos ao programa de "Carroças Sustentáveis", onde o cavalo é substituído por uma bicicleta adaptada, a um custo baixíssimo, cedida pela prefeitura ou por convênio da iniciativa privada. Veja: nesse caso não se altera a forma de sustento da pessoa. Por tanto, um erro nunca justifica o outro. Não utilize esse argumento para desmerecer essa iniciativa. Vamos ter bom senso.

 

Um dia os Seres Humanos foram escravizados como animais, para diminuir e facilitar o trabalho do outro Ser Humano que o explorava. E a sociedade da época achava algo natural. Hoje os animais são escravizados para diminuir e facilitar o trabalho do homem, que não tem capacidade de puxar 2 TONELADAS de entulho nas costas. Entretanto, essa escravidão está com os dias contados. Estamos no século 21. NADA justifica exploração, quer seja do homem, quer seja do animal.

 

Por vezes fico imaginando como seria se fosse ao contrário: o cavalo sentado no banco empunhando um chicote nas mãos, enquanto o humano puxa a carroça durante mais de 12 horas seguidas, até seus pés sangrarem.
Já existem métodos mais eficientes para locomover as carroças. E a prefeitura pode e deve proibir essa prática arcaica de utilizar os animais e incentivar soluções mais sustentáveis.

Aguardem mais projetos da minha autoria que serão apresentados. Em TODAS as áreas. Segurança, saúde, cultura. Que, inclusive, já estou trabalhando ativamente, percorrendo TODA a cidade. Pois sou um Vereador da CIDADE. Um dia, se Deus assim permitir, e você que mora em Guarulhos ou gosta do meu trabalho e não mora, lutarei para representar minha cidade, meu estado e, quem sabe, o Brasil. Obrigado, Senhor.

Escritor e Vereador Rafa Zampronio.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Eventos e Notícias
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

  • Facebook Clean
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - White Circle